Há saudades que matam...

22 de março de 2018

avô

Há dias que a saudade não bate à porta e entra sem pedir licença



Há dias que a saudade mata... Hoje é um desses. 

Hoje só precisava do teu abraço forte que me fazia sentir única,
Sentir o cheiro a tabaco entranhado na tua roupa,
Sentir o teu blazer a cobrir-me como tu sempre fazias, e eu ali encolhida acreditava que ficava invisível por debaixo do teu casaco,
Hoje só precisava de sentir a tua doçura, 
Ouvir a tua voz,
Sentir o teu amor... Acredito até que foste das pessoas que mais me amou,
Sentir essas tuas mãos com pele seca e calejadas de tanta barba e cabelo que fazias,
Sentar-me no teu colo enquanto lias o Jornal de ponta a ponta...
Que saudades Avô...
São saudades que matam, que deixam o coração pequenino e tão apertado...

Hoje eu só queria que me pegasses pela mão e me levasses contigo a ver o limoeiro... 
Só tu e eu... E o limoeiro...

Image and video hosting by TinyPic

Podes Também Gostar De...

0 Blushes

Olá, espero que tenhas gostado deste cantinho!
O teu comentário será respondido neste post.
Obrigada muahhh

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2016